Que tal um RH sem pessoas de RH?

18/09/2018
Posted in Trabalho
18/09/2018 Felipe Menhem

Que tal um RH sem pessoas de RH?

Hoje, vamos falar de uma discussão que não é necessariamente inédita, mas apareceu de novo em minhas redes: é possível fazer uma equipe de RH sem pessoas de RH?

 

Essa é uma provocação de Greg Roche, diretor de benefícios da DaVita. Na palestra, dada em 2016, Roche mostra o caso de três pessoas que são excelentes profissionais de Recursos Humanos e não tinham nenhuma experiência anterior na área.

 

Em seu ponto de vista, Roche afirma que as novas estrelas do RH não estão trabalhando na área atualmente, e, “se não abrirmos as portas para essas pessoas, estaremos perdendo talentos que poderiam inovar e dar mais credibilidade ao RH”.

 

É uma opinião interessante. Ampliando um pouco a discussão, podemos pensar que diversas áreas têm seus procedimentos e conhecimentos específicos — aqueles que requerem uma formação mais longa e cursos de especialização. Outras áreas possuem o benefício de serem generalistas em sua porta de entrada, e vou citar aqui duas com as quais me identifico diretamente: RH e jornalismo. Não acho que uma faculdade de jornalismo seja necessária para formar uma pessoa para atuar como jornalista, e colocar essa barreira nas redações acaba afastando profissionais de outras áreas que são capazes de escrever um bom texto. Certamente, uma pessoa formada em economia é mais preparada do que eu para escrever sobre o tema, por exemplo.

 

Do mesmo jeito, é bem capaz que, para certas funções do RH, pessoas com outras experiências e formações possam ser bastante úteis para promover inovação e credibilidade. Gente que esteja na linha de frente do negócio, que possa entender o que o resto da empresa vive, ou analistas de dados, pesquisadores, engenheiras, cientistas sociais para cruzar dados e números e interpretar melhor tudo aquilo…

 

Como Greg Roche diz, “não é que todo mundo possa fazer Recursos Humanos, mas existem várias habilidades que podem ser transferidas para a função”.

 

O que você acha?

, ,

Leave a Reply

Your email address will not be published.